Era uma daquelas fases difíceis na minha vida. Aquelas em que tudo dá errado divinamente. Eu estava triste e perdido. E aí pensei que talvez não se possa ganhar todas. E que ser triste e sozinho por hoje, tudo bem. Tudo bem, tudo bem — Repeti.
Ciceero M in Os homens estão de Tpm.
É amor. Eu sei que é amor. Não importa o quanto você negue, não me importa o quanto você corra, é amor. Você sabe. Em todas as vezes em que o meu céu ficou escuro, você foi tudo o que eu vi. Nós sempre estivemos junto, você sabe. Você sabe.
Reset? I love both of us.
E se der saudade, avisa.
Capacitadora.
Todos nós temos nossas cicatrizes. Seja de amar alguém profundamente, ou por querer proteger muito alguém que já não está mais na nossa vida.
Are you, Gabriel?
Deu vontade de ficar mais tempo junto, deu vontade de levar essa história até o fim – e eu não tenho a menor idéia do que você pensa a respeito, a gente não conversa sobre isso, só fica fazendo uma linha nada-tem-muita-importância, ou algo assim.
Caio Fernando Abreu.
O meu problema estava exatamente em não saber ponderar as coisas a minha volta, eu nunca fui muito bom nisso de fazer algo pela metade, todas as vezes em que a vida me deixou pendurado pra morrer na ponta do precipício, eu mesmo pulei.
Ciceero M.
Vai passar, você sabe que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe?
Caio F. Abreu.
Não tenho mais certeza se o que eu sinto é amor, existem muitas outras coisas sobre nós que eu também não tenho certeza. É claro que eu quero o seu bem, mas eu não tenho tolerância alta, dá pra entender? Só quero a sua felicidade se for comigo.
You need to go back, Isaac.
Na hora me pareceu uma boa saída, deixar você respirar um pouco, ir ser sozinho um tempo. Não que o amor houvesse acabado. Só estava escondido sob a pilha de defeitos que tínhamos e as promessas quebradas. A vontade de dar certo estava enterrada, e eu estava cansada demais para continuar cavando.
You need to go back, Isaac.
É difícil dizer adeus para o lugar aonde você viveu. Isso pode ser tão doloroso quanto dizer adeus a uma pessoa. Mas eu? Bom. Eu morava em você.
Are you, Gabriel?
O tempo cura tudo. Só não cura o tempo que você perdeu esperando o tempo passar para curar tudo o que você teria ganho, se não tivesse esperado tanto tempo.
Eu me chamo Antônio.
É, o silêncio pode doer, machucar, mas não deixa de ser uma resposta.
Reforcei.
Eu não estou triste, não é saudade. É algo mais complexo, é abismo, é escuridão, não é bonito, me prende, me suga, me impede. Esta é a grande parte, e isso é o que sou de verdade, o lance não era pra abrir o coração? Então, este é o meu. Aliás, quando a gente abre o coração nem tudo é água corrente, as vezes é vazio, sem vida e cheio de marcas. E lugares desse tipo sempre dão medo.
Meu nome é Ciceero, e o seu?
Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre virgulas, aspas, reticências… eu vou gostando… eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos…
Caio Fernando Abreu.
©